Tag

massas

destaque, entradas, peixes, receitas, sobremesas

12 Receitas para um jantar romântico

Tá afim de fazer aquele agrado em uma noite especial? 
12 receitas para um jantar romântico
, divididas em entrada, prato principal e sobremesa.
Tem opção pra todo gosto e estilo, mas todos pensados para ocasiões especiais, como o Dia dos Namorados ou outra data importante.
Espero que ajude como inspiração pra você fazer bonito por aí 😉

Se quiser mais idéias talvez esse Jantar Italiano , ou este sugestivo Jantar Afrodisíaco  possam ajudar 😉

Continue lendo
alice, almoço, carnes, entradas, receitas

Una buona porcata – Entrada e principal com carne de porco

 

Dall’ Italiano:

porcata

[por-cà-ta]s.f.
  • 1 Atto disgustoso, maialata: non fare porcate a tavola!; oscenità, frase scurrile, indecente, o anche ignobile: film pieno di porcate
  • 2 Azione o comportamento indegno, sleale: fare una p. a qlcu.

Se do italiano a “porcada” tem essa conotação quase intraduzível, no nosso português, nada de obsceno ou pouco nobre. Ao contrário, a carne de porco tem ganhado cada vez mais prestígio e foi uma das tendências da gastronomia nacional em 2016.

Fica aqui meu pequeno triste desabafo. Atualmente sou uma vegetariana em recaída. E a carne de porco representa em boa parte do tempo e/ou pratos, minhas maiores tentações. Seria capaz de por bacon no café, não me orgulho disso, que fique claro.

Continue lendo
camarão, destaque, frutos do mar, macarrão, massas, receitas

Massa com camarão ao pesto de hortelã e coentro

Eu confesso: já odiei coentro.
Sim, eu achava que ele tinha gosto de algo não comestível, achava que ele tomava conta da comida, achava dispensável.
Assim deixei essas folhinhas temperamentais fora do meu cardápio por muitos anos.
Felizmente, graças à cozinheiros que o usavam com cuidado, aprendi a gostar e fiz as pazes com a planta e hoje acho que ela é indispensável para alguns preparos.

Continue lendo
destaque, italiana, massas, receitas

Um delicioso jantar italiano

Amo comida italiana, gosto mais ainda de como os italianos defendem sua comida, com toda sua delicadeza e gestos peculiares, por mais exagerado que possam parecer.
Acho divertido ler histórias de como conseguem ter argumentos para justificar que pratos clássicos de qualquer nação do planeta foram criados em alguma cidade da bota.
Tirando a teimosia típica, me identifico com esse povo. Meu sobrenome, minha paixão pela comida, minhas conversas gesticuladas e meu nariz “delicado” não me deixam esquecer das minhas origens.

Continue lendo